OPUS iBank automatiza as transações realizadas nos vários canais de atendimento bancário tais como agências, postos de atendimento, correspondentes bancários, terminais de autoatendimento (ATMs) e Internet Banking.

 

Captura de tela 2015-06-12 12.35.05

Captura de tela 2015-06-12 12.35.55(3)Implementando de forma integrada o software dos diferentes tipos de terminais bancários e a plataforma de retaguarda que suporta os múltiplos canais, e valendo-se da diminuição da variedade de tecnologias empregadas, o Opus iBank permite o compartilhamento de componentes de negócio e infraestrutura.


 

  • Plenamente configurável, pode ser implementado de forma simples, rápida e com baixo custo, exigindo pouca infraestrutura.

  • Oferece um ambiente homogêneo que se aplica aos diferentes cenários de instalação (agências de qualquer porte, Postos de Atendimento, ATMs, Correspondentes Bancários, Internet Banking) e às restrições de custo dos diversos tipos de pontos de presença.

  • Proporciona baixo custo de propriedade por oferecer ferramentas de gerenciamento, de atualização remota e automática de versões e de monitoração dos pontos de presença.

  • Tanto o software dos terminais bancários quanto o servidor são multiplataforma, rodando sobre diversas versões de hardware e de sistemas operacionais (Linux e Windows Server).

Captura de tela 2015-06-12 12.35.55

Captura de tela 2015-06-12 12.35.55(2)

A solução é composta por uma plataforma de servidor e por aplicações que rodam nos terminais bancários, ATMs e Terminais de Correspondente Bancário.


 

  • A plataforma de servidor centraliza a lógica de acesso aos sistemas de retaguarda bancária e implementa ferramentas de gerenciamento e monitoração da rede de atendimento.

  • A plataforma de servidor foi concebida para funcionar como um ponto único de acesso às transações oferecidas pelos sistemas de retaguarda, e pode também funcionar como um servidor de agência ou um concentrador regional, dependendo dos cenários de disponibilização empregados.
    Captura de tela 2015-06-12 12.36.46


tela 2015-06-12 12.37.04

tela 2015-06-12 12.37.37

 

As aplicações que rodam nos terminais bancários podem funcionar off-line e não exigem um servidor local. A solução oferece também integração a portais de Internet Banking, implementando as transações a partir dos mesmos componentes de negócio que realizam a aquisição de transações nos outros canais de atendimento.


 

Totalmente baseada em tecnologia Java (JEE), a solução (tanto o servidor quanto o software dos terminais) pode ser implementada sobre as plataformas mais utilizadas pelo mercado, incluindo os sistemas operacionais Windows e Linux nas mais diferentes versões. O módulo servidor pode rodar em Mainframes IBM, equipamentos RISC e plataforma Intel. O módulo dos terminais e ATMs roda em equipamentos PC padrão de mercado.

O módulo de retaguarda oferece uma plataforma informacional, baseada em tecnologia OLAP, implementando um cubo multidimensional com os dados de todas as transações realizadas pelos múltiplos canais de atendimento, para permitir uma análise completa de todas as interações efetuadas entre os clientes e a instituição financeira.

O módulo de servidor oferece ainda uma interface padrão Web Services, disponibilizando as transações bancárias de maneira simples, segura e padronizada, facilitando a integração de serviços bancários a barramentos padrão SOA e a aplicações de terceiros.

As informações trocadas entre os terminais bancários e o servidor são criptografadas, e o modelo de criptografia utilizado é baseado em componentes de software padronizados, podendo ser facilmente trocado por um modelo específico que já seja adotado pela instituição financeira.

A solução foi concebida para estabelecer um compromisso balanceado entre desempenho, disponibilidade e escalabilidade.


 tela 2015-06-12 12.38.00

 

  • Unificação da tecnologia que suporta os serviços oferecidos aos múltiplos canais de atendimento.

  • Permite compartilhamento de componentes e infraestrutura.

  • Redução de custos
      • A. Não exige grande infraestrutura para seu funcionamento nos pontos de presença, podendo funcionar de maneira autônoma.
      • B. Simplifica o gerenciamento.
      • C. Facilita a atualização e manutenção das aplicações.
      • D. Oferece um mecanismo de atualização de versões centralizado.

  • Agiliza a incorporação de novas regras de negócio na aquisição de transações.

  • Facilita a disponibilização de terminais caixa em qualquer ambiente.

  • Facilita o estabelecimento de novos convênios.

  • Agiliza a criação de novos produtos financeiros e sua disponibilização simultânea nos vários canais de atendimento.

  • Garante segurança e inviolabilidade das informações.

  • Solução multiplataforma garante independência de fornecedores de hardware e de software básico.

  • Ferramentas de monitoração permitem o acompanhamento em tempo real das operações sendo realizadas em cada canal e ponto de presença.

Compromisso balanceado entre desempenho, disponibilidade e escalabilidade.


 tela 2015-06-12 12.38.24

A implementação de uma plataforma homogênea para o tratamento dos múltiplos canais de atendimento bancário oferecida pelo Opus iBank proporciona:

REDUÇÃO DE CUSTOS

  • Pela drástica simplificação do gerenciamento dos serviços oferecidos aos diferentes canais.

  • Pela facilidade de atualização e manutenção dos serviços oferecidos, uma vez que centraliza a lógica de negócios referente à aquisição de transações.

  • Por oferecer um mecanismo automático de atualização de versões, permitindo a distribuição a partir de um site central.

AGILIDADE

O compartilhamento dos componentes de negócio associados às transações bancárias permite que atualizações sejam realizadas em um único ponto, refletindo-se em todos os canais de atendimento.

Oferecendo uma arquitetura modular e flexível, o Opus iBank permite diversas configurações, atendendo aos mais variados cenários de implantação.


 

 

Quanto Custa um Cloud Server na Amazon?
O QUE É CLOUD COMPUTING?

Compartilhe

Compartilhe este post com seus amigos