Hoje em dia, as empresas precisam de softwares desenvolvidos de forma rápida. Se há uma necessidade, ela deve ser atendida o mais rapidamente possível e, para isso acontecer de maneira mais estruturada, um grupo de técnicos da área se reuniu para desenvolver uma nova metodologia para essa criação – os métodos ágeis.

Antes, quando era desenvolvido, um software era utilizado por muito tempo sem a necessidade de modificações. Hoje, um software deve se adaptar às diversas mudanças que a empresa está sujeita, e esse novo cenário fez o processo de criação do software se modificar também.

Com essas novas necessidades em vista, um grupo de experientes desenvolvedores de softwares se reuniu para produzir um manifesto com uma metodologia que atendesse às demandas dos novos tempos.

Neste ano, o Manifesto Ágil completa 10 anos, com seus princípios descritos para sempre gerar valor e atender, da melhor forma possível, o cliente.

Nos métodos tradicionais, inicialmente era feito o planejamento completo e só depois o software era construído. Dessa maneira, muitas vezes chegava-se ao final do projeto e percebia-se que ele não atendia às reais necessidades da empresa em sua totalidade. Os métodos ágeis permitem um acompanhamento direto do cliente no processo de criação, fazendo com que funcionalidades que não foram percebidas no início sejam incluídas no meio do processo. Outra característica dele é a de que o software nunca fica totalmente pronto, sempre se atualizando em relação às novas demandas do negócio.

A colaboração entre as duas partes – empresa e cliente – é de fundamental importância, tendo em vista que, para a troca de valor acontecer, os dois lados precisam colaborar, um ouvindo o que o outro tem a dizer para construírem algo que se encaixe nas necessidades e nas características do negócio da empresa cliente. Para isso, a confiança deve ser mútua, pois é a única maneira de focar na parceria e não em detalhes do contrato.

Site oficial do Manifesto Ágil: Agile manifesto

 

CEO, CIO e o foco de negócio de TI
Cloud Computing – Aplicação e Estratégia

Compartilhe

Compartilhe este post com seus amigos