Pesquisas realizadas durante os últimos anos identificam o surgimento e a evolução de quatro poderosas forças: redes sociais, computação em nuvem, mobilidade e informação. A convergência dessas quatro forças dá origem ao que Gartner, em recente publicação, intitula de “Nexus of Forces” (liga das forças). Embora, individualmente cada força já tenha evidência no contexto atual da tecnologia, o diferencial está em pensá-las em conjunto.

As redes sociais conectam as pessoas e estimulam a troca e busca por informação. Podemos dizer que a força dainformação é o que move e “cola” todas as outras no Nexus. Os dispositivos móveis são uma plataforma eficaz para as redes sociais ao manter a conectividade constante. Todo esse ambiente social de troca de informação e mobilidade só é possível dada à existência de um modelo de computação em nuvem, que permite a entrega de informações e funcionalidades aos usuários e sistemas.

Essas quatro forças interligam-se criando um ecossistema voltado para o usuário da moderna computação. Como resultado da “consumerização” e da onipresença de dispositivos inteligentes conectados à rede, o comportamento do consumidor tem causado a convergência dessas forças. As pessoas passam a ter como expectativa dos produtos e serviços a interatividade e a facilidade de acesso à informação. Assim, o usuário, cada vez menos passivo, tem o controle sobre o que espera e deseja.

O grande desafio de negócio está em como se adaptar e se beneficiar desta dinâmica para criar produtos e serviços inovadores, alcançando novos clientes em novos contextos. Não é incomum ver departamentos de TI engessados com arquiteturas conservadoras, cujos processos e habilidades caracterizam formas obsoletas de trabalho. Hábitos que provêm desse formato de trabalho devem mudar para que se consiga aproveitar o Nexus of Forces e gerar vantagens competitivas e oportunidades de negócios.

 

SCRUM, ciclos de valor
Diálogo entre Negócios e TI – Gestão do Portfólio de Aplicações

Compartilhe

Compartilhe este post com seus amigos