Estatísticas de uso de celular no Brasil

Dados sobre o uso de mobile mudam o eixo de realização de negócios…

notícia recente de que o brasileiro já utiliza mais o aparelho celular do que o computador pessoal para acessar a Internet não impressionou quem acompanha as estatísticas de uso de celular no Brasil. Afinal, o número de acessos em banda larga móvel já supera em muito o de banda fixa. Considerando acessos 3G e 4G, a banda larga móvel fechou o ano de 2015 no Brasil com 191,8 milhões de acessos, contra 25,4 milhões em banda larga fixa.

Outros números interessantes referentes às estatísticas de uso de celular no Brasil mostram o quanto a mobilidade está presente no dia a dia dos brasileiros:

  • No final de 2014 o Brasil já era o 6º mercado mundial de smartphones, superado apenas por China, EUA, Índia, Japão e Rússia;

  • No segundo trimestre de 2015 o número de brasileiros que usam o smartphone para acessar a Internet ultrapassou a marca de 72 milhões, representando um aumento de 23,5% em relação ao semestre anterior;

  • O número de internautas brasileiros que realizam pagamentos através de seu smartphone dobrou em um ano, passando de 21% no final de 2014 para 46% em 2015 (dados de dezembro de 2015);

  • 41% dos internautas brasileiros já realizaram pelo menos uma operação de compra de mercadorias físicas usando seu smartphone (dados de setembro de 2015);

  • Em 2014 as compras por smartphone totalizaram R$15,1 bilhões, representando mais de um sexto do e-commerce brasileiro. Em novembro de 2015 essa marca já estava próxima de 20%, indicando que praticamente um quinto das compras já é realizado através do smartphone;

  • Em pesquisa de novembro de 2015, 20% dos donos de smartphones possuíam algum aplicativo pago, e 45% realizaram algum tipo de compra “in-app” (isto é, de dentro de um aplicativo);

  • Os donos de smartphones no Brasil possuem, em média, 15 aplicativos instalados (dados divulgados em dezembro de 2015), e o Whatsapp está presente em 93% dos aparelhos;

  • 88% dos brasileiros que possuem smartphone usam o aparelho para trocar mensagens (dado de dezembro de 2015). Embora a percentagem de jovens seja naturalmente mais alta, 70% dos usuários com mais de 55 anos realizam operações do tipo;

  • Aproximadamente 73% dos brasileiros que possuem smartphone não saem de casa sem ele e, para os jovens, é o item mais importante a ser levado a um evento, à frente de documentos e dinheiro (dados de junho de 2013);

  • 26% dos donos de smartphones pedem comida através de aplicativos, e 20% os utilizam para chamar táxis ou para comprar ingressos para eventos;

  • O Brasil é o terceiro país no ranking dos viajantes conectados.

Os dados mostram que o mercado nacional de smartphones está amadurecendo rapidamente. E que o comportamento, expectativa e intensidade de utilização de dispositivos móveis dos usuários brasileiros estão avançando de maneira irreversível, criando um novo canal para o relacionamento com clientes.

Cria, também, um novo campo de batalha para o mercado empresarial. Este fato pode ser tão representativo quanto foi o advento da Internet para a grande maioria dos mercados, uma vez que desloca o eixo da disputa pela realização e fechamento de negócios – e, como vimos, no caso brasileiro esse novo campo está se consolidando de maneira acelerada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Insights de tecnologia para você!

Não compartilharemos seu e-mail com terceiros e também prometemos não enviar spams. Ao informar seu e-mail, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Conteúdos relacionados

Veja nesse artigo sobre inteligência artificial para negócios como adorar a IA de forma eficácia com o seu time.
Confira nesse artigo como é possível alcançar a Hiperprodutividade no desenvolvimento de software com o uso da IA.
Veja nesse artigo de Edison Kalaf, sócio diretor da Opus Software, como a TI não é apenas operacional, mas um agente ...