Quando se iniciam projetos de software, todas as pessoas envolvidas criam uma imagem ideal de como será o processo de desenvolvimento, e de como será o sistema pronto.

No entanto, no decorrer do projeto, o resultado do trabalho pode não se alinhar com as nossas expectativas.

Os motivos pelos quais isso acontece podem ser escolhas equivocadas de tecnologias, erros de priorização e até problemas gestão.

Para que sua aplicação não fracasse, elencamos os 7 principais causadores de problemas em projetos de software para você ficar atento.

 

1) Pouco entendimento sobre o Problema

 

O software é um meio para resolver um problema ou uma necessidade. Portanto, é fundamental compreender profundamente sobre os usuários e stakeholders do projeto. O entendimento equivocado ou parcial do problema pode levar a sua equipe a construir algo com pouca utilidade.

 

2) Medo de testar em campo

 

Planejamento é importante, mas nada resiste ao teste. Quanto antes o software for colocado em contato com os usuários, mais rápido você poderá validar as premissas do seu planejamento. Feedbacks de usuários reais são o insumo mais importante para decidir em qual direção o seu projeto irá caminhar.

É muito comum encontrar equipes que tem medo de expor aplicações incompletas para clientes, porém essa é a melhor maneira de obter informações sobre o seu público.

 

3) Muitas mudanças de escopo

 

Mudanças de escopo durante o projeto são comuns. Porém, mudanças muito radicais e constantes no escopo podem gerar muito retrabalho. É importante avaliar a necessidade e o impacto  dessas mudanças no orçamento e prazo do projeto.

 

4) Decisões tecnológicas ruins

 

Não existe tecnologia boa ou ruim. Existe aquela que é adequada ao seu projeto.

Optar por uma tecnologia super nova pode causar problemas para o time de produção, devido a falta de conhecimento. Ao mesmo tempo, tecnologias antigas, apesar de serem mais bem conhecidas, poderão limitar a implementação de novas funcionalidades.

 

5) Arquitetura ruim

 

A decisão da arquitetura do sistema é uma atividade muito importante, e tem impacto de longo prazo na aplicação.

Uma escolha equivocada pode afetar todo o trabalho feito pela equipe de desenvolvimento. Mudanças de arquitetura podem provocar muito retrabalho, por isso deve ser realizadas com muita atenção.

Os gestores precisam estar atentos para identificar problemas na arquitetura, e rever essas decisões o quanto antes.

 

6) Estimativas de prazo irreais

 

É muito comum que o prazo estabelecido para projetos de software não seja atingido. Isso porque imprevistos e mudanças podem gerar atrasos nas entregas.

O ideal é que as equipes se norteiem pela data limite, sem que o prazo se torne algo irreal e passe a ser visto como uma falha caso não seja alcançado.

 

7) Time desmotivado

 

Acreditar no potencial da solução que está sendo construída é fundamental para manter a equipe motivada no trabalho. É importante comunicar a equipe qual será o impacto do sistema que estão desenvolvendo, como forma de mante-la engajada e produtiva.

 

 

 

Inteligência Artificial - Qual é o futuro desse mercado?
O que é Integração, Entrega e Implantação Contínua?

Compartilhe

Compartilhe este post com seus amigos