Scrum é um framework para projetos complexos e que envolvem alto grau de incerteza. Essa abordagem é muito conhecida na área de tecnologia, e geralmente é utilizada em projetos de desenvolvimento de software ágil.

 

O Scrum contempla um conjunto de práticas, valores e princípios, que podem ser aplicados de formas diferentes de acordo com a realidade de cada projeto, equipe ou organização. Por esse motivo, não entenda o Scrum como um processo, e sim como um modelo de trabalho.

 

De forma geral, o Scrum se baseia em ciclos de desenvolvimento sucessivos (normalmente mensais), chamados de Sprints.

No início de cada Sprint, a equipe se reúne para priorizar as funcionalidades do projeto contidas no Product Backlog. De acordo com sua capacidade, o time define quais funcionalidades serão implementadas durante aquele ciclo.

Diariamente, a equipe se reúne brevemente para alinhar as atividades do projeto e identificar impedimentos para o trabalho.

Ao final do Sprint, o produto desenvolvido é apresentado para os envolvidos no projeto, com objetivo de coletar feedbacks.

Com base nisso, a equipe se planeja para o próximo ciclo, priorizando novas funcionalidades, e revendo o processo de trabalho se necessário.

 

Por que usar Scrum?

 

Responder às demandas do mercado com agilidade sempre foi um diferencial para as empresas. No entanto, em mercados dinâmicos como o de tecnologia, ser ágil nunca foi tão importante.

Empresas que desejam se inserir no mundo digital podem se beneficiar muito da abordagem do Scrum.

Com ciclos de desenvolvimentos menores, a empresa é capaz de repriorizar com mais frequência as funcionalidades de seu produto, e atender as necessidades do mercado com mais agilidade.

 

 

Os eventos do Scrum

 

A abordagem do Scrum possui alguns eventos. São eles:

 

Sprint

São os ciclos nos quais o projeto é desenvolvido. Os Sprints são sucessivos e tem duração fixa, geralmente de 1 mês.

 

Sprint Planning

Reunião de planejamento do Sprint, na qual o time prioriza as funcionalidades do Product Backlog (lista de funcionalidades desejadas), e define quais serão implementadas.

 

Daily Scrum

Reunião diária breve para alinhar as atividades da time de desenvolvimento, disseminar conhecimento adquirido e resolver impedimentos ao trabalho.

 

Sprint Review

Reunião para apresentar aos stakeholders as funcionalidades implementadas num Sprint, e coletar feedbacks.

 

Sprint Retrospective

Reunião de retrospectiva ao final de um Sprint, na qual o time  revê o processo de trabalho utilizado.

 

Scrum team

 

Um time de Scrum é formado pelo Product Owner, Scrum Master e e o Time de Desenolvimento.

 

O Scrum Master assegura que todos sigam os valores e práticas do Scrum, ajudando o time a resolver problemas e aumentar a performance.

 

O Product Owner é o ponto de contato da equipe com os stakeholders do projeto. Sua principal responsabilidade é priorizar as funcionalidades contidas no Product Backlog.

 

O Time de Desenvolvimento é uma equipe multifuncional responsável pela concepção, construção e testes do produto. Geralmente é formada por designers, programadores, testes, entre outros.

 

A ideia principal é que o time se auto organize para realizar as entregar de cada Sprint. Independente de seus cargos, qualquer integrante do time possui as competências necessárias para executar as funções esperadas sem envolver pessoas de outras equipes da empresa.

 

 

 

 

 

UX e UI - Qual é a diferença e por que é tão importante?
Inteligência Artificial - Qual é o futuro desse mercado?

Compartilhe

Compartilhe este post com seus amigos